quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Feliz Ano Novo!

Chegamos ao final de 2011. Nesses cinco meses de blog aprendi muito, mas sei que posso melhorar ainda mais.  Para o próximo ano o blog contará com novidades como a super promoção que será lançada no início de janeiro e irá sortear nada mais nada menos do que uma edição de colecionador da saga As crônicas de Gelo e Fogo, contendo os três volumes da série de sucesso de George R. R. Martin, A Guerra dos Tronos, A Fúria dos Reis e A Tormenta de Espadas.

Agradeço aos leitores assíduos, aos visitantes e àqueles que postaram comentários no blog, pois é essa a ideia mesmo, conversar sobre aquilo que gostamos. As amizades adquiridas nesse período foram uns dos maravilhosos resultados dessa experiência em compartilhar opiniões sobre séries, filmes, livros e quadrinhos. E para finalizar, aqui vai uma simples mensagem de quem aprendeu a editar áudio e vídeo hoje. Espero que gostem.

video

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Homeland, mais uma perfeição do Showtime.



Quem é leitor do blog já conhece minha paixão pelas séries do canal americano de tv a cabo, o Showtime. O canal tem entre suas produções obras-primas como Dexter, The Big C e Shameless e estreou nessa fall season Homeland, que conta a história do retorno do soldado americano, Nicholas Brody, depois de oito anos de cativeiro no Iraque. Brody é visto como um herói nacional mas uma agente da CIA, Carrie Mathison, possui a informação de que um solado americano foi convertido ao islamismo e aderiu à causa terrorista dos fundamentalistas liderados por Abu Nazir e ela acredita que Brody é uma ameaça à segurança nacional americana.

O show, que tinha tudo para cair no lugar comum tedioso que é tratado o terrorismo, principalmente depois do 11 de setembro, na verdade se mostrou um triller psicológico envolvente, com fortes aores nos papéis principais. Carrie é interpretada por Claire Danes, atriz de Stardust, Romeu e Julieta e O Eterminador do Futuro 3. O papel de Nick Brody pertence a Damian Lewis, ator inglês acostumado a personagens densos como o detetive Charlie Crews, da série Life. O elenco de apoio conta com Mandy Patinkin interpretando Saul Berenson, agente da CIA e mentor de Carrie. Patikin é conhecido pelos fãs de séries como o agente Jason Gideon de Criminal Minds. Por fim, mas não menos importante, a série conta com a presença de Morena Baccarin, atriz brasileira que fez o papel de Anna, líder da raça alienígena na série cancelada V. Ela interpreta a esposa de Brody, que mantina um caso amoroso com o melor amigo do marido.



Os atores estão perfeitos em seus papéis, cada um dando cedibilidade a seus personagens, que foram desenvolvidos pelos roteiristas de forma complexa, cheios de qualidades e defeitos que contribuem para que o show não caia na mesmice da guerra contra ao terror de outras produções. São personagens com desejos, medos, dúvidas. O show fica numa linha tênue entre o certo e o errado, entre o que é moral, amoral e imoral. Vale a pena visitar também o site da série, que permite participar de jogos como um agente da CIA e também fazer o teste do polígrafo, de acordo com seu perfil no Facebook.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Terra Nova, a última chance da humanidade.



O ano é 2149. A tecnologia chegou ao seu ápice, as cirurgias são feitas sem um único corte e é possível ver, por meio de uma máquina, qualquer lugar no tempo e no espaço. Seria excelente se o ar não fosse praticamente irrespirável, frutas e vegetais fossem extremamente raros e se não existissem políticas severas de controle de natalidade com punições como prisão no caso de famílias com mais de dois filhos. O ano é 85 milhões antes de Cristo. A natureza é exuberante, o mundo é livre da poluição, frutas e legumes à disposição e a humanidade disposta a dar o seu melhor em favor da coletividade. Parece maravilhoso se não fosse o pequeno problema de tentar sobreviver e não virar comida de dinossauro.

Esse é o cenário da nova estréia da FOX, Terra Nova, uma ficção científica que conta a história da família Shannon, que deixam um Planeta Terra agonizante em 2149 e recebem a chance de habitar Terra Nova, uma colônica na era pré-histórica que foi criada depois da descoberta de uma fissura no espaço tempo. As pessoas são selecionadas através de loteria ou de acordo com habilidades específicas, em especial na área da ciência. Mas como tudo não são flores, os habitantes da colônia enfrentam dois problemas: sobreviver aos dinossauros e lutar contra os Sextos, um grupo de rebeldes expulsos de Terra Nova depois de serem descobertos pelo Comandante Taylor, uma espécie de "prefeito-governador-presidente" da colônia. Os Sextos pretendem criar uma forma de acesso contínuo a 2149 para enviar ao futuro as benesses da natureza pré-histórica, além do objetivo de matar Taylor, que possui alguns esqueletos no armário, principalmente em relação a seu filho.

O elenco é praticamente desconhecido, a maioria fez participações especiais em algumas séries de TV ou foram astros de séries canceladas como Jason O'Mara que faz o papel de Jim Shannon, o patriarca da família, e estrelava a cancelada The Agency. Destaque aqui para Stephen Lang, que interpreta o Comandante Taylor e também fez o Coronel Miles Quaritch em Avatar. A série era uma das estréias mais aguardadas da fall season pois é produzida pelo grande Steven Spielberg, também produtor de Falling Skies, da TNT. Spielberg e seu complexo de Peter Pan continuam nos fornecendo entretenimento de qualidade, e dessa vez, estamos livres dos extra-terrestres.

Você pode interagir com a  série por meio de um aplicativo no Facebook que calcula se a pessoa tem habilidades que valem o ingresso para Terra Nova, e determina a aptidão para a ciência, agricultura, segurança e cuidados médicos. O site da série também possui um aplicativo com as mesmas funções, porém muito mais elaborado. As duas opções exigem um conhecimento básico de inglês.